Atenção
Este texto pode conter spoilers.
Se você ainda não viu o filme,
clique aqui e assista THE GAPVOID agora.

Por que fazer um filme?

A resposta rápida para esta pergunta é:
Porque eu queria aprender como fazer um filme na prática.

Teoria já tinha de sobra. Faltava aprender a coisa na prática. E como a faculdade de cinema por aqui era muito cara, decidi fazer um filme por conta própria e aprender o que fosse possível no processo.

O projeto tinha que representar um certo desafio para testar minhas habilidades e me fazer pensar. Então quando imaginei essa história cheia de efeitos especiais me pareceu perfeito.



Mas, pra deixar as coisas mais interessantes e tentar aprender o máximo possível, eu tracei 3 regras desde o início do projeto:
Essas 3 metas iriam garantir que o meu filme tivesse o grau de dificuldade suficiente pra me forçar a aprender novas habilidades e inventar soluções.

E como deu certo essa estratégia! (e como foi difícil!)

Usei todo tipo de técnica que você pode imaginar pra construir as cenas. Pesquisei muito, muitas vezes em lugares improváveis (como blogs de artesanato, canais de cosplays e vídeos de senhoras ensinando técnicas de papel marchê). Tive que descobrir na prática soluções de fotografia, iluminação e edição de áudio, entre uma infinidade de outras coisas.

Miniaturas feitas com peças de plastimodelismo e material que ia parar no lixo.


Tudo filmado pelo nosso destemido Ipad.


Aprendi muito! Tenho a produção desse filme como a experiência mais gratificante da minha vida. E além de tudo foi extremamente divertido.

Quando tudo termina e vc pode finalmente sentar e assisitr ao filme do início ao fim, você já não é mais a mesma pessoa.

A sensação de missão cumprida e a vontade crescente de produzir o próximo filme leva você a um caminho sem volta.

INÍCIO